São Paulo – Procurando um personal trainer para seus exercícios? A Nike quer ser essa pessoa—ou melhor, esse app. Hoje a empresa está lançando a nova versão do seu aplicativo de exercícios físicos, o Nike+ Training Club.

“A minha parte favorita no novo aplicativo é a possibilidade de personalização. Eu acho que isso também será o ponto alto do Nike+ Training Club para os usuários”, contou a EXAME.com Jay Lee, diretor de produtos sênior do Nike+.

Assim como Lee definiu em nossa conversa, o objetivo do app é ser um personal trainer de bolso. Ele será capaz de auxiliar o usuário a atingir seus objetivos de exercícios físicos. Mas isso não será feito de forma genérica. Ao fornecer informações sobre sua condição física, o usuário ganha um treino personalizado.

Mas o trabalho de moldar o app para o usuário não acaba por aí. Ao final de cada um dos exercícios, o atleta precisa dar um feedback dizendo se cansou demais, se a atividade foi muito puxado ou se estava dentro de suas capacidades. A cada avaliação como essa, o serviço da Nike fica mais e mais apurado.

“No começo, todos os usuários do aplicativo terão uma experiência parecida. À medida que os treinos são feitos e que o feedback é dado, isso muda e toma mais o perfil do usuário”, disse Lee.

No total são 100 treinos disponibilizados no aplicativo e divididos em três grandes categorias: força, resistência e mobilidade. As opções mostram exercícios para quem tem acessórios e pesos à disposição ou para quem não tem nada para usar.

Criados por parceiros da Nike, os treinos trazem vídeos que mostram as posições corretas. Trabalhar com parceiros profissionais foi uma das grandes preocupações da empresa.

“Tudo que fazemos começa com confiança. Para nós, é absolutamente importante termos os melhores experts trabalho nisso. É isso que eles fazem todos os dias e são parte da comunidade da Nike”, afirmou Lee. “Sem essa relação de confiança, nada funcionaria.”

Um empurrãozinho. Ou dois

“Pessoalmente, preciso de um empurrãozinho e nada me incentiva mais do que ver meus amigos fazendo exercícios”, explicou Lee. Por conta disso, o Nike+ Training Club traz uma área de feed. Ali, é possível compartilhar imagens de seus treinos e ver o que seus amigos andam fazendo. A ideia é despertar o lado competitivo de cada um.

Outro recurso promete incentivar é a conexão com o Spotify, para que as músicas certas toquem na hora do treino. A própria Nike criou algumas listas especiais no serviço de streaming para dar uma animadinha em quem precisar.

Criado em 2009, o Nike+ Training Club foi desenvolvido com foco no público feminino. A empresa, no entanto, deixou isso para trás. Lee explica que hoje, o aplicativo é voltado para todos os públicos.

Entender diferentes atletas, inclusive, foi o grande objetivo desta nova versão. “O que ouvimos de nossos atletas é que era preciso um treino personalizado. Cada um tem um nível e um objetivo. Posso dizer que hoje ninguém tem um programa personalizado e de graça como o que temos nessa nova versão”, disse Lee.

A nova versão do Nike+ Training Club está sendo lançado oficialmente hoje. Ele é grátis, em português e está disponível para Android e iOS.

DEIXE SUA RESPOSTA