Brinquedos conectados à internet coletam dados das crianças e são menos seguros que computadores.

Dados que hoje são roubados de crianças podem ser utilizados para construir perfis que podem trazer dificuldades no futuro.
Dados que hoje são roubados de crianças podem ser utilizados para construir perfis que podem trazer dificuldades no futuro.

Seus filhos podem receber brinquedos e aparelhos digitais como câmeras, relógios e tablets neste Natal. No entanto, cada vez mais os pais estão pensando duas vezes antes de colocar os presentes embaixo da árvore porque os aparelhos conectados à Internet coletam dados dos usuários e são menos seguros do que os computadores.

6 milhões de contas de crianças foram invadidas por um hacker

Esta fragilidade ficou patente durante as compras da Black Friday, quando uma empresa de brinquedos digitais de Hong Kong chamada VTech perdeu para um hacker os bancos de dados de mais de 6 milhões de crianças e quase 5 milhões de compartilhadas com os pais.

Colocando os bancos de dados lado a lado, o hacker foi capaz de obter informações que podem identificar as crianças: nomes, idades, sexo e até fotos e relatórios de conversas e chats. Os nomes dos pais, endereços de email, perguntas e respostas secretas para acesso às contas, endereços IP, senhas criptografadas e endereços postais também foram acessados. Em princípio, a brecha não atingiu números de cartões de crédito e dados financeiros.

DEIXE SUA RESPOSTA