Especialistas revelam que os antivírus apresentam falhas de segurança que podem ser exploradas pelos hackers.

Lookout_Security__Antivirus_review_thumb800
Imagine o seu antivírus ou firewall transformado em Trojan e permitindo que um hacker penetre em seu computador para ataca-lo melhor. Isso é exatamente o que especialistas em segurança de TI acabaram de descobrir, ao botar as mãos em várias vulnerabilidades de segurança em softwares de segurança. Tomer Bitton, Vice-Presidente de Pesquisa da empresa de segurança “EnSilo”, analisou, com seu colega Udi Yavo, uma dúzia de antivírus e firewalls. Resultado, as soluções destinadas a proteger nossos computadores podem ser a porta de entrada para os ataques. “No total, foram encontradas seis vulnerabilidades diferentes, sendo quatro muito críticas, que permitem executar um código arbitrário. Além disso, o hacker nem precisa de um acesso de administrador, os privilégios do usuário são suficientes”, diz Tomer Bitton. Estas falhas podem ser utilizadas sem muita dificuldade por hackers, em todos os sistemas do Windows. Uma das técnicas que os hackers usam é o hooking, que envolve a introdução de um código arbitrário em um processo.

Os dois especialistas alertaram imediatamente os editores. Muitos deles implementarampatches para fechar as brechas. No entanto, alguns não adotaram nenhuma medida, apesar da advertência dos especialistas, que constataram, com espanto, que não existe uma colaboração estreita entre os editores e os analistas de malwares. Os especialistas não se limitaram à simples observação. Eles também desenvolveram uma ferramenta para detectar as falhas chamadas de A VulnerabilityChecker.

DEIXE SUA RESPOSTA